jusbrasil.com.br
29 de Maio de 2022

Por essa Rachel Sheherazade não esperava: "ainda tem gente boa no mundo que leva até o autor do crime contra si para casa"

"Chupa essa Sheherazade"! Com todo respeito....Apesar de ter sido assaltado pelo adolescente ele o protegeu de ser linchado e já faz planos em adotá-lo!

( Na íntegra por Ricardo Senra - @ricksenra Da BBC Brasil em São Paulo ) Depois de ter o celular roubado por um adolescente pela janela do ônibus, Deivid Domênico correu atrás do infrator, o protegeu de um linchamento, acompanhou o menor até a delegacia e agora se prepara para visitá-lo no centro de reclusão para onde foi levado.

O carioca narrou o assalto pelo Facebook enquanto estava na delegacia junto ao adolescente. Em três dias, o texto - cuja frase mais comentada é "Como sou contra a redução da maior idade penal, vou seguir o conselho da Rachel Sheherazade, vou adotar meu bandido" - alcançou mais de 27 mil curtidas e 4,8 mil compartilhamentos.

"Com a repercussão, eu percebi que (os críticos da redução da maioridade penal) somos maioria. Os outros só falam mais alto", disse Domênico à BBC Brasil. Entre mais de 400 comentários publicados nas últimas 72 horas, menos de 20 criticam a iniciativa do carteiro.

'Adoção'

A percepção, entretanto, não reflete a última pesquisa nacional em torno do tema: segundo o instituto Datafolha, 87% dos brasileiros são favoráveis à redução.

Domênico conta que tem visita marcada ao Instituto Padre Severino, centro de reclusão onde o jovem está apreendido há três dias, na próxima quinta-feira. Não estará sozinho.

"Vou com um advogado amigo meu e uma assistente social que apareceu oferendo ajuda pelo 'Face'."

Ele diz que não pretende "se tornar um herói" e explica o que quis dizer com o termo adoção. "Quando digo que vou adotá-lo, é adotá-lo de oportunidades", afirma. "Não quero só arrumar uma escola ou um trabalho para ele. Mas acho que posso apresentar a esperança que ele nunca teve, que tem gente que se importa, aliás, que 25 mil pessoas torcem por ele e por sua vitória."

O carteiro também é músico e autor do samba-enredo de 2015 da escola de samba Mangueira - comunidade onde vive, na zona norte carioca.

Ele conta que se surpreendeu ao descobrir que o garoto também vive na região da favela. "Disse que ele deu sorte 'deu' não deixar matarem ele e de eu não encontrar ele na Mangueira e avisar que ele me roubou. O moleque chorou e pediu pra eu não dar queixa", diz o texto que publicou na rede social (leia na íntegra abaixo).

À BBC Brasil, Domênico contou que conversou com o presidente da escola, Chiquinho da Mangueira, para discutir possibilidades para o futuro do garoto. A reportagem também entrou em contato com Chiquinho - que se divide entre o posto máximo da escola e o quarto mandato como deputado estadual pelo PMN (Partido da Mobilização Nacional).

"Houve, sim, a conversa e estamos dispostos a ajudar", disse o deputado por telefone. "A gente tem que botar ele para estudar. Para praticar esporte lá na Vila Olímpica da Mangueira. Não adianta jogar na bateria da escola, se ele quisesse ser ritmista já tinha virado, isso é 'enxugar gelo'."

'Bandido'

O jovem infrator tem 16 anos e morava sozinho, segundo Domênico, em um prédio abandonado "sem luz, nem água" nos arredores da favela. Domênico se dedica agora a encontrar a família do rapaz. "Já descobri que a avó dele é uma senhora de bem e mora no Flamengo, provavelmente também em uma comunidade."

À reportagem, o carteiro diz "não se iludir" sobre o garoto. "Ele é bandido, mas isso pode mudar", diz. "Ele é uma pessoa cruel, não sabe o que é família, não sabe o que é amor ou carinho, p* nenhuma. Ele só sabe o que é porrada."

Domênico conta que o jovem chorou na delegacia quando se viu amparado pelo homem que assaltou horas antes. "Eu disse: se não quiser ser preso, então não rouba. Mas, calma. Estou aqui para te ajudar a se recuperar como cidadão."

Leia na íntegra o post que viralizou no Facebook:

Por essa Rachel Sheherazade no esperava ainda tem gente boa no mundo que leva at o autor do crime contra si para casa

"ACABEI DE SER ROUBADO

Olha que p*... Acabei de ser roubado. Tava lendo as palhaçadas do grupo do futebol dos compositores, no Whatsapp, terminado meu serviço e no ônibus. Um moleque me deu o bote e pegou meu celular... Olhou pra mim e disse: Vem, vem atrás? Eu fui. O moleque esquece que sou carteiro e conheço a rua do centro melhor que a minha casa. O moleque teve a coragem de me assaltar uniformizado, acreditem. Ele correu pra Uruguaiana, meu local de trabalho, mano. Peguei ele. Geral viu e saiu pegando ele de porrada. Tentei não deixarem bater nele, mas não teve jeito. Mas não deixei arrebentarem, consegui junto com os seguranças impedir que a ele apanhasse mais. Aí levamos pra uma biombo pra nego não matar ele. Fui conversar com o garoto. Adivinha de onde ele é? MANGUEIRA. Dei-lhe um esporro e disse que ele deu sorte deu não deixar matarem ele e de eu não encontrar ele na Mangueira e avisar que ele me roubou, o moleque chorou e pediu pra eu não dar queixa. Vim pra delegacia e ele tem várias passagens. Perguntei a ele por que não tocava na bateria, por que não trabalhava na quadra, por que não estava estudando? Ele disse que não tem pai, nem mãe e que não dão emprego a ele. Ele tem 16 anos e vive sozinho no IBGE [antigo prédio do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, hoje abandonado e ocupado na região do morro da Mangueira]. Eu disse que ele não vai ficar 2 dias preso e que faço questão de ajudá-lo. Que quando ele sair é pra me procurar na Mangueira, vou ajudar esse moleque. Segundo ele, toca um instrumento. Vou pedir o presidente e aos diretores de bateria pra ver se ele tem talento e arrumar uma p* qualquer pra ele fazer na quadra. Como sou contra a redução da maior idade penal, vou seguir o conselho da Rachel Sheherezade, vou adotar meu bandido. O que me roubou logo. Ah... Recuperei o celular, quem quiser pode ligar.

Boa tarde."

Fonte: na íntegra por Ricardo Senra - @ricksenra Da BBC Brasil em São Paulo

Informações relacionadas

O Estado fracassa quando a religião entra!

Em ação, jovem pede fim de cultos na Assembleia Legislativa do Acre

43 Comentários

Faça um comentário construtivo para esse documento.

Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)

Nada contra a atitude do carteiro. Quer fazer, faz. Agora não vem com essa historinha de que é um desamparado, um excluído da sociedade, um pobre coitado e por isso tem todo direito de assaltar, ferir e matar as pessoas porque isso não cola e é conversa para boi dormir. Dar esse tipo de justificativa a um cara sem caráter (menor de 16 anos deve ser maior do que eu e sabe muito bem o que faz) é a mesma coisa que dizer: "isso mesmo, roube, mate a vontade porque a sua situação e condição te dão esse direito". Outra coisa, justificar a atitude desse meliante, safado, sem vergonha de roubar os outros pela sua condição miserável é também chamar de otários centenas ou milhares de outros que vivem em situação igual ou até pior do que a dele e nunca roubaram nada de ninguém para sobreviver e mesmo assim sobrevivem. Agora vocês que defenderam a iniciativa, vão lá e façam o mesmo. Adotem um bandido pra vocês também. continuar lendo

Realmente era o que faltava, surgir uma exceção que justifique a falacia dos defensores da má conduta (com certeza um gesto nobre, mas como disse uma exceção que não é seguida pelos amantes da anarquia).
É o que querem, sempre culpar o outro. Os coitadinhos são vitimas da sociedade, principalmente de demagogos com pena e que estão longe da realidade dessas pessoas. Sugiro que façam sua parte, paguem um colégio, encaminhem uma sugestão de projeto a um politico, cobre do prefeito de sua cidade que faça alguma coisa para ajudar essas vitimas da sociedade e pare de ser ativistas da net. continuar lendo

Devemos analisar a raiz do problema. Um garoto de apenas 16 anos, vive sozinho, em um local abandonado, sem água, energia, alimentação, estudos, lazer e os demais direitos e garantias fundamentais inerente a todo o ser humano. Provavelmente ele pratica furtos e roubos por ter sido a oportunidade ou o método mais fácil que tenha encontrado, já que sua vida é tão difícil.
Concordo plenamente com o controle de natalidade pois todos temos o direito de ser mãe ou pai, este sentimento é sublime. Mas, devemos fazer um planejamento para que não haja tantas desigualdades.
Enquanto há crianças que recebem mesada no valor de um salário mínimo, ou mais, há famílias que se sustentam com um salário mínimo, ou menos; o que neste momento em que o país enfrenta crescentes aumentos dos valores de produtos e alimentos essenciais, um salário é muito pouco.
Devemos analisar a redução da maioridade penal do ponto de vista geral e com base nas estatísticas e não votar simplesmente pela comoção do momento, pois é o futuro dos nossos filhos que está em jogo. continuar lendo

Tive um amigo Advogado que defendeu um criminoso, terminando por, após cumprimento da pena, tratou de contratá-lo como seu empregado. Logo, passou a namorar e se casou com a empregada do referido Advogado. Pouco tempo depois, o egresso criminoso matou sua mulher. O Advogado, sob o entendimento de que se deve acreditar em bandidos porque são humanos, levou-o para casa, deixando-o se casar com a empregada doméstica que, depois de pouco tempo foi morta pelo miserável criminoso. Tudo é relativo... continuar lendo

Bom, meu caro Hildebrando, se todo mundo pensar assim ninguém adota filho de outras pessoas (nem bebê que ainda mama), e porque?
Bom, porque ninguém sabe de quem eram filhos, qual a índole dos pais (se eram alcólatras, drogados, psicopatas, estupradores, assassinos, etc).....mas a gente tem que tirar o chapéu para quem faz isso (eu tirei) e porque?
Porque eu também não conseguiria fazer isso - não tenho filhos (nunca pensei muito em ter, e hoje, que talvez quisesse já não posso mais)...., mas também não tenho esse desprendimento que esse rapaz teve (sua hombridade, caridade e amor ao próximo)....TODAVIA eu JAMAIS seria favorável a um linchamento - sou a favor da justiça - fazer justiça!

Nem quem mata merece morrer, muito menos um ladrãozinho "barato"! A pena de morte é cruel é ela vem de um estado - um país que decidiu assim (é lei ,mas é indigna)....as pessoas que com base de que o seu estado Brasileiro não tem justiça e mata um meliante se IGUALA A ELE, é o que acho!

Só mudei o tema do artigo para criticar o modo de pensar de Sherhazade...., não é preciso adotar um bandido (MAS MATÁ-LO LINCHADO, MUITO MENOS).

Hoje em dia é difícil criar o próprio filho - vai que ele tem a índole de Suzane Richthofem e na calada da noite ele nos assassina - TUDO É POSSÍVEL!

Abraço e obrigada por comentar continuar lendo

Se a moda pega, aumentaria o números de adoções.Deveríamos fazer uma campanha de controle de natalidade nas comunidades carentes. Porquê será que não vejo em nenhum meio de comunicação esta campanha? Existe um cientista de renome Dr Elsimar Coutinho com diversos depoimentos sobre este tema.na década de 80.Acredito que se esta campanha vigorasse, não teríamos esta onda de crime nas grandes cidades. continuar lendo

Olá novamente meu caro José
Pois é, também acho...., o controle de natalidade é super importante..., com tantas crianças e adolescentes nas ruas, roubando, furtando, se drogando - se houvesse mais pessoas assim, como esse da reportagem - que pensa no ser humano em primeiro lugar, e não no bandido que ele se tornou pela falta de oportunidades, pela falta de controle - se houvesse um controle não havia tantos precisando de um lar!
Infelizmente temos mais "Sheherazades"! Que só quer tripudiar, e zombar - enquanto isso é contra o aborto, contra eutanásia (creio que sim, pois é evangélica, e os evangélicos são assim . por um lado "prezam pela vida", por outro querem que os humanos que não andam na linha, como eles creem correto, devem e merecem ser linchados)...Affffff

Desabafo!
Tenha uma boa semana meu caro!
Obrigada por participar continuar lendo

Se ela soubesse quantas reações contrárias desta dita jornalista, o Sílvio Santos perderia seus clientes que acreditam que ainda vão ganhar sua loteria: continuar lendo

Estou contigo e não abro, o controle de natalidade, seria pelo menos o inicio
do combate a banalização da violência neste nosso país, onde apesar de todas as dificuldades, parece que ter filhos e só ter filhos está na moda, pois cria-los não é problema dos pais, mais sim de toda a sociedade, mais falar sobre isto é muito perigoso, imagine a quantidade de pseudos Religiosos e Ongs que sobrevivem destes filhos "miseráveis" sem pais, quanta HIPOCRISIA MEU DEUS... continuar lendo

Hoje estava conversando com um amigo que frequentava a igreja Católica, informou que discutiu com um padre em 2013 por causa da simples menção "controle de natalidade" e desde então somente assisti as missas com a mente aberta.Isso ocorre em uma grande cidade de Salvador imagine no interior do estado... continuar lendo

Boa noite caríssima Elana Souza.
"creio que sim, pois é evangélica, e os evangélicos são assim", não concordo muito com generalismos. Os comentários de Sherazade pode ser considerado como um desabafo de quem não aguenta mais viver com medo de ser assassinado a qualquer momento, ser sequestrado, nós brasileiros vivemos em meio a uma guerra, trabalhamos duro para conquistar um patrimônio e de repente vem um estranho e nos tira, passamos então a ser vítima da sociedade também. Controle de natalidade é muito importante, sou contra também o aborto, a eutanásia é complicado também, eu não teria coragem de matar alguém que não me proporcionasse agir em legítima defesa. São minhas considerações, não discordo de tudo que comentou até aqui, o JusBrasil proporciona estes debates de pontos de vista e que permitem ótimas reflexões.
"Ser evangélico é fácil, basta dizer que é... agora ser cristão, são suas atitudes que irão dizer..." (Levi Rodrigues continuar lendo