jusbrasil.com.br
18 de Agosto de 2019

Bolsonaro: o homem que alguns querem para Presidente do Brasil condenado a pagar 10 mil a Deputada ofendida por ele em 2014

Parece piada, mas a população brasileira nunca terá a vida que tem um Suéco, Dinamarquês; Norueguês, Holandês, Suiço ou Finlandes.

Mal começamos a punir parcela dos corruptos já tem gente louca para colocar outros no lugar, se não corruptos, todavia loucos!

Mesmo que a pessoa não tenha histórico de corrupção, mas aja de forma intolerante, homofóbica, grosseira; defenda a tortura contra certos grupos e seja antipático à parcela da população a meu ver não é digno de me representar nem como vereador, quanto mais ser um Presidência da República.

Durante os protestos contra Dilma verificamos que alguns, que se dizem espertos, levantaram bandeiras favoráveis a certo políticos que, no meu ponto de vista são iguais ou ainda piores que Dilma, Lula, Aécio e FHC (juntos).

Esse Senhor de que falo foi, recentemente, processado e agora condenado a indenizar a Deputada Maria do Rosário em 10 Mil (pouco, pela gravidade da ofensa) – “Eu não a estuprarei porque você não merece”, foi o que ele disse no Plenário da Cãmara em 2014.

Mais tarde, em entrevista frisou que não a estupraria porque ela era muito ruim e feia, não fazia o tipo dele, por isso não a estupraria. (fonte: MSN. Com. Pt )

Mas quem é Jair Bolsonaro? Quem é esse Deputado que representa o povo do Rio de Janeiro (PP-RJ) pela 6ª vez?

Seria aquele Senhor que disse, em fevereiro de 2014, que acaso viesse substituir Feliciano na Comissão de Direitos Humanos, as pessoas iriam sentir saudades; que com ele não adiantaria pressão de grupos de defesa de homossexuas dentro da comissão. Acho que é esse – acho não, tenho certeza!

Além dessas declarações acima, tenho a honra de compartilhar outras que li em sites como O Povo. Com e CQC em entrevista de 2011.

( O Povo de 1 a 10) 1. ''Eu defendo a tortura. Um traficante que age nas ruas contra nossos filhos tem que ser colocado no pau-de-arara imediatamente. Não tem direitos humanos nesse caso. É pau-de-arara, porrada. Para sequestrador, a mesma coisa. O cara tem que ser arrebentado para abrir o bico'' - em 2000, quando defendeu a tortura e o pau-de-arara da época da Ditadura Militar.

2. "Você me chamou de estuprador, você me chamou de estuprador! Vagabunda! Vai dizer que você é uma coitada agora? Chora agora. Eu não tenho medo de perder meu mandato por quebra de decoro" - em 2008, sobre discussão com a hoje ministra de Direitos Humanos, Maria do Rosário (PT-RS).

3. "Essa é uma farsa, uma mentira. É um projeto que caminha apenas para apurar o justiçamento no Araguaia, roubos, sequestros, execuções e justiçamentos. Isso é uma mentira" - em 2011, sobre a criação da Comissão da Verdade.

4."O kit gay não foi sepultado ainda. Dilma Rousseff, pare de mentir. Se gosta de homossexual, assume. Se o teu negócio é amor com homossexual, assuma. Mas não deixe que essa covardia entre nas escolas de primeiro grau" - em 2011, sobre plano do MEC de incluir o combate à homofobia nos currículos escolares.

5. ''Preta, não vou discutir promiscuidade com quem quer que seja. Eu não corro esse risco porque meus filhos foram muito bem educados e não viveram em ambiente promíscuo como lamentavelmente é o teu'' - em 2011, respondendo a cantora Preta Gil (ela perguntou como ele reagiria se seu filho namorasse uma negra). Após o programa, ele defendeu não ter entendido a pergunta e disse ter pensado que se referia a gays e não a negros. O STF arquivou o inquérito.

6.''Seria incapaz de amar um filho homossexual. Não vou dar uma de hipócrita aqui: prefiro que um filho meu morra num acidente do que apareça com um bigodudo por aí. Para mim ele vai ter morrido mesmo. Se um casal homossexual vier morar do meu lado, isso vai desvalorizar a minha casa! Se eles andarem de mão dada e derem beijinho, desvaloriza'' - em 2011, quando deu entrevista à Playboy.

7.''Não posso ter medo dos senhores, até porque a maioria aqui são heterossexuais preocupados com a família. Se fosse LGBT (lésbicas, gays, bissexuais e transexuais), eu seria condenado Não vou me calar com essa representação sem vergonha, com esse lixo. Sou parlamentar com P maiúsculo, não com H minúsculo de homossexual'' - em 2011, no Conselho de Ética da Câmara dos Deputados.

8. "O PSol é um partido de pirocas e de veados. Eu estou me lixando para a senadora. Eu vou responder à senadora [Marinor Brito] num papel higiênico. A imagem está lá, ela me deu uma porrada, me xingou de homofóbico, de corrupto e de assassino, daí eu estou errado, feri a feminilidade dela? As mulheres do Brasil que me desculpem, mas não são iguais a ela não" - em 2011, após o PSol pedir investigação contra ele.

9.''Essa mulher (Eleonora) representa a sua mãe, Dilma Rousseff, a minha não. E nem as mulheres brasileiras'' - em 2013, sobre nomeação de Eleonora Meniucci para o cargo da Secretaria de Políticas para as mulheres.

10."O senador Randolfe me chamou de vagabundo e só ficou no empurra-empurra. Talvez tenha dado um empurrão nele, mas não foi nada premeditado" - em 2013, acusado de dar um soco em Randolfe durante o visita ao Doi-Codi.

As do CQC em 2011

1. “Se pegasse um filho fumando maconha o torturava”;

2. Ao ser indagado se tivesse um filho gay: “isso não passa pela minha cabeça, fui um pai presente, sempre dei boa educação, não corro esse risco”;

3. Indagado quanto as cotas raciais: “Não viajaria com um piloto cotista nem aceitaria sem operado por um médico que entrou pelas cotas”, etc.

Cada dia que passa tá mais difícil viver nesse país. A população não aprende com o sofrimento. São “Tucanos” que entregam as estatais para o setor privado e embolsa “a grana”; Petistas que, descaradamente, surrupiam dinheiro público e se dizem favoráveis aos pobres; e agora essa gente que se diz Progressista (PP) e é mais retrógada que a minha bisavó!

O que fazer? O jeito é fugir para Dinamarca! Talvez seja melhor uma faxina por lá que aturar corruptos e homofóbicos, declarados, no poder!

Como disse em artigo anterior: "cada povo tem o político que merece"

Bolsonaro o homem que alguns querem para Presidente do Brasil condenado a pagar 10 mil a Deputada ofendida por ele em 2014

Fontes: MSN. Com. Pt; O Povo. Com. Pt e Política Estadão. Com. Br

Autoria e Comentários: Elane F. De Souza OAB-CE 27.340-B

Foto/Créditos: pravida-number-five. Blogspot

177 Comentários

Faça um comentário construtivo para esse documento.

Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)

Engraçado que não aparece nas defesas da senhora Maria do Rosário o que ela disse para ele. Quanta parcialidade. Quando ela o ofendeu eu não vi os defensores dela criticar sua conduta. continuar lendo

É sempre assim Antonio Pinheiro. A esquerdalha asquerosa e anti republicana pode tudo, principalmente se parecer como uma mulher... Aos demais mortais comuns não resta a partir do momento em que forem "carimbados" com a designação "conservador". EU SOU CONSERVADOR COM MUITO ORGULHO. Conservo os valores da minha Família há mais de 140 anos como amor ao trabalho, respeito aos direitos alheios, defesa intransigente da democracia e republicanismo, bons costumes baseados na cultura judaico/cristã e repulsa a corrupção, ao desmando e a injustiça perpetrada pelos governos e demais entes públicos. Defendo o direito a propriedade e sou visceralmente adepto a doutrina do mérito onde cada um receba conforme seu esforço e capacidade, respeitando eventuais fragilidades. Só que defender isso hoje em dia virou crime na concepção de pessoas como a Sra. Maria do Rosário e outros idiotizados pela doutrina esquerdista. Mas é isso... continuar lendo

Falou tudo Erson....!!!!! continuar lendo

Além do mais, ninguém diz que essa sra,.dep.Maria do Rosario é uma parlamentar mediocre.Quando da confusão; Maria do Rosario chamou-o de estuprador e ele perguntou: eu sou estuprador, no que ela respondeu não uma mas várias vezes:é sim, é sim, é sim, sem contar que o Deputado Bolsonaro estava dando uma entrevista e a deputada Maria do Rosario interrompeu-o deseducadamenteQuanto ao item 03 de seu texto, sobre a "comissão nacional da verdade", basta ver seus integrantes para "adivinhar" que foi montada apenas para conceder pensões e indenizações a ditos ex-presos políticos.Entre seus membros quando de sseu lançamento estavam;
1) Claudio Fonteles,Procurador de justiça no 1º mandato de Lula.
2) Maria Rita Kehl, petista desde sempre.
3) Rosa Maria Cardoso da Cunha, foi advogada de Dilma durante sua prisão pelo regime militar.
Não existe entre seus membros NENHUM que represente as Forças Armadas, que comissão seria então? Justa?Nunca quiseram investigar os crimes cometidos por Dilma e os outros terroristas.
Quanto a Preta Gil, toda semana temos noticias de sua vida nas principais revistas e jornais, basta ler. continuar lendo

Então, particularmente em relação à querela com a deputada Maria do Rosário, parece-me que houve muita desinformação difundida - não no texto, mas na veiculação do ocorrido de uma forma geral nos meios de comunicação.
Na ocasião, o deputado - o mesmo que apresentou projeto de lei para agravar a pena de estupradores - enquanto concedia entrevista, é interrompido pela deputada e chamado de "estuprador" por ela.
Na sequência diz que "não a estupraria porque ela não merecia".
Segue o vídeo:
https://www.youtube.com/watch?v=LD8-b4wvIjc&feature=youtu.be
Neste contexto, se há falar em dano moral perpetrado pelo deputado, como decidido pela corte, é evidente a prática de conduta criminosa anterior por parte da deputada - calúnia... continuar lendo

Pois é meu caro Michel, mas não fui eu quem julgou o caso...., foi a justiça na figura de um juiz....., eu apenas coloquei aqui os fatos (ele foi condenado, certamente ainda vai recorrer), além disso, se a coisa ocorreu da forma como vc diz, porque ele, em defesa, não disse que era "retorção imediata"...., que apenas respondeu na mesma medida a ofensa?
Quem o impede de recorrer pelo menos agora, já que parece ter feito "defesa nas coxas"!?
Tenha um bom dia e obrigada pelo comentário continuar lendo

Ah, sim, Elane, certamente. Eu entendi que você apenas publicou o fato contido na decisão da Corte.
Aliás, para mim os dois ganharam votos na questão, já que, ao fim e ao cabo, se tornaram mais conhecidos com o episódio.
De toda sorte, acho apenas que não há de fato vítima inocente no ocorrido.
Bom dia para você também! continuar lendo

Alguém teve acesso ao processo??, sem acesso aos autos TODOS, quem comente, e quem escreveu a matariA apenas especula. continuar lendo

10 mil por causa de uma deputada histérica e sem compostura...

Agora, quando o cidadão quase morre por causa de um serviço mal-feito ou uma cobertura de plano negada, é cinco mil, por causa da "indústria do dano moral". Vai entender... continuar lendo

Boa Tarde,
Acho que cada um tem a sua opinião, me admiro quando as pessoas acham ruim o fato de torturar um bandido, um estuprador. Mas na hora em que isso acontece com alguém dos seus amigos ou familiares isso (tortura) se torna a prioridade em se fazer, pelo tamanho do sofrimento que esses bandidos causam as pessoas.
Sobre a homossexualidade, acho que todos deveriam respeitar a escolha de cada um e se preocupar com que realmente vale a atenção e dedicação, parece que hoje em dia as pessoas obrigam umas as outras a aceitarem as escolhas e não a respeitarem.
Nosso País já tem muito com que se preocupar, é tanta violência e corrupção que existe nas ruas e que nos prejudicam.
As cotas acho totalmente desnecessário existir, acho que as pessoas devem valorizar muito mais a capacidade e a competência de cada um, do que aderir as cotas. Inteligência não tem Cor, credo, etc. continuar lendo

Boa tarde ....
obrigada pela participação....., vc está certa, cada um tem a sua opinião....., felizmente ainda é uma coisa boa que resta por aqui - a liberdade de expressão! continuar lendo

Natália. Primeiro, orientação sexual não é escolha, é algo que nasce com a gente, ou vai me dizer que vc optou por ser heterossexual?
E desde quando as frases ditas por ele demonstram respeito? Só vejo incitações à violência e apologia ao ódio à comunidade LGBT, e são essas coisas e pessoas assim que fazem o Brasil ser o campeão de crimes por homofobia e transfobia. continuar lendo

Prezado Israel Junior.

Não existe nenhum estudo científico definitivo que diga que a homossexualidade é: cultural, genética, espiritual, antropológica, sociológica, histórica, NÃO HÁ afirmações concludentes.

Precisamos agir de forma cética e embasada.

Abraços continuar lendo

O que há é uma grande inversão de valores em nosso Brasil e isso ocorre porque pessoas de reputação duvidosa (para não dizer bandidos) foram eleitos representantes políticos e passaram a exercer influência em favor de seus pares, ou seja, em favor de bandidos e malfeitores de toda espécie e em desfavor dos cidadãos de bem. Pessoas de bem, por serem de boa índole, de boa fé, têm o péssimo “defeito” (?) de se deixarem induzir pelas doces palavras de facínoras após suas práticas criminosas, tomando suas dores. Facínoras após os crime são umas doçuras de pessoas, diga-se de passagem. Não que a compaixão seja ruim de todo, mas quando toma direção errada, produz um grande mal para a sociedade ordeira. Quem toma as dores de malfeitores, torna-se automaticamente adversário do poder coercitivo, repressor do Estado, que visa tão somente a proteção de todos nós. Não sou defensor de torturas ou arbitrariedades, mas não tenho receio algum, nem eu, nem meus familiares e nem meus amigos, de uma abordagem policial e muito menos de ser torturado pela Polícia, ou de sofrer o que sofre um bandido (se é que sofrem). Nunca daremos motivo para isso e sem motivo a Polícia não sai por ai fazendo abordagens violentas, arbitrárias. Casos esporádicos ocorrem e às vezes lamentáveis, mas não se pode generalizar. No todo, a despeito das mazelas, temos uma Polícia que nos é extremamente útil e, portanto, indispensável. Carente de muitas melhorias, é claro, mas nunca a "vilã da história". Irregularidades praticadas pela Polícia devem ser questionadas e combatidas, mas não generalizemos. A Polícia é e tem que ser merecedora de nosso crédito, de nosso respeito. Quanto à questão dos homossexuais, posso afirmar com absoluta convicção que não seriam tão criticados, não seriam tão discriminados se fossem mais discretos. Qquer um pode fazer o que deseja, optar pelo que lhe agrada, desde que não cause constrangimento aos outros. A partir do momento que pretenderam se impor escandalosamente, num estardalhaço inconveniente e vergonhoso, obtiveram como resposta uma natural repulsa, que logo foi taxada como homofobia. Homofobia? Ora, pode até ser, mas é justo que, ao lado de nossa família, numa praça de alimentação de um shopping, por exemplo, assistamos a demonstrações públicas de carícias entre dois homens barbados? Ora, pelo amor de Deus, uma coisa é praticar senvergonhices juramentadas na intimidade de um quarto, e outra bem diferente é fazer isso publicamente. A verdade é que querem impor suas condutas, afetando as pessoas que desejam se conduzir racionalmente. Porque não são discretos, como se espera de todas as pessoas civilizadas? Se assim agissem, nem a palavra homofobia existiria. Aliás, esse negócio de homofobia é coisa do PT.
Por último, qto ao sistema de cotas, concordo plenamente com vosmicê. No máximo, ainda admitiria um sistema de "cotas para pessoas mais pobres", mas sempre considerando o mérito intelectual, claro. Abrçs! continuar lendo